sábado, 28 de setembro de 2013

Quiz da reforma ortográfica


Você já conseguiu assimilar as mudanças exigidas pelo Acordo Ortográfico? Com este quiz será mais fácil memorizá-las. Experimente!




http://www.abril.com.br/noticias/quiz-portugues-novo-acordo-ortografico/

Ita est!
Prof. Zanon

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Cena inesquecível de Pulp Fiction


Quentin Tarantino é brilhante, suas obras são geniais. Entre as muitas que dirigiu, está Pulp Fiction.
Dirigido de uma forma altamente estilizada, o filme narra três histórias diferentes, porém entrelaçadas, sobre dois assassinos profissionais, o gângster que os chefia e sua esposa, um pugilista pago para perder uma luta e um casal assaltando um restaurante, na Los Angeles dos anos 90.
A maior parte do filme é destinada a conversas e monólogos que revelam as perspectivas de vida e o senso de humor das personagens, diálogos ricos e ecléticos, que misturam ironia, humor e violência.
A narrativa é não linear, fora da ordem cronológica (marca registrada de Tarantino). São feitas muitas alusões a outras produções cinematográficas e referências à cultura pop.
Pulp Fiction foi indicado a sete Óscares, incluindo Melhor Filme.
Tarantino conseguiu realizar um feito inesquecível para o cinema: Fazer com que Travolta e Thurman dançassem maravilhosamente em uma cena célebre.
Na cena, Vincent Vega (John Travolta) é designado para tomar conta da esposa de seu chefe criminoso, Mia Wallace (Uma Thurman), e fazer tudo que ela desejasse. Eles vão a um restaurante onde um concurso de dança será realizado. Mia diz que quer dançar e ganhar. “Eu quero aquele troféu”, diz. “Então é melhor dançar bem...”

E eles dançam muito bem. Confira:


Ita est!
Prof. Zanon

Lei de Murphy

         
Nada está tão ruim que não possa ficar pior!




          O criador dessa lei foi o capitão da Força Aérea americana, Edward Murphy, que também foi a primeira vítima conhecida de sua própria lei. Ele era um dos engenheiros envolvidos nos testes sobre os efeitos da desaceleração rápida em pilotos de aeronaves.

          Para poder fazer essa medição, construiu um equipamento que registrava os batimentos cardíacos e a respiração dos pilotos. O aparelho foi instalado por um técnico, mas simplesmente ocorreu uma pane, com isso Murphy foi chamado para consertar o equipamento e descobriu que a instalação estava toda errada. Daí formulou a sua lei que dizia: “Se alguma coisa tem a mais remota chance de dar errado, certamente dará”. 


          Com o tempo foram surgindo variações dessa lei, geralmente pendendo para o humor. Eis algumas que foram coletadas algures na internet:


"O seguro cobre tudo, menos o que aconteceu" ( Lei de Nonti Pagam).

"Quando você estiver com apenas uma mão livre para abrir a porta, a chave estará no bolso oposto."
(Lei de Assimetria, de Laka Gamos).

"Quando tuas mãos estiverem sujas de graxa, vai começar a te coçar no mínimo o nariz."
(Lei de mecânica de Tukulito Tepyka).

"Não importa por que lado seja aberta a caixa de um medicamento. A bula sempre vai atrapalhar."
(Princípio de Aspirinovisk).

"Quando você acha que as coisas começam a melhorar, é porque algo te passou despercebido."
(Primeiro teorema de Tamus Ferradus)

"Sempre que as coisas parecem fáceis, é porque não entendemos todas as instruções."
(Principio de Atrop Lado)

Os problemas não se criam, nem se resolvem, só se transformam."
(Lei da persistência de Waiterc Pastar)

"Você vai chegar ao telefone exatamente a tempo de ouvir quando desligam."
(Principio de Ring A. Bell)

"Se só existirem dois programas que valem a pena assistir, e os dois passarão na mesma hora."
(Lei de Putz Kiparil)

"A probabilidade que você se suje comendo é diretamente proporcional à necessidade que você tem de estar limpo."
(Lei de Kika Gadha)

"A velocidade do vento é diretamente proporcional ao preço do penteado."
(Lei Meteorológica Pagá Barbero )

"Quando, depois de anos sem usar, você decide jogar alguma coisa fora, vai precisar dela na semana seguinte."
( Lei irreversível de Kitonto Kifostes)

"Sempre que você chegar pontualmente a um encontro não haverá ninguém lá para comprovar, e se ao contrário, você se atrasar, todo mundo terá chegado antes de você."
(Princípio de Tardelli e Esgrande La de Mora)


1- LEIS BÁSICAS DA CIÊNCIA MODERNA:
* Se mexer, pertence à Biologia.
* Se feder, pertence à Química.
* Se não funciona, pertence à Física.
* Se ninguém entende, é Matemática.
* Se não faz sentido, é Economia ou Psicologia.
* Se mexer, feder, não funcionar, ninguém entender e não fizer sentido, é INFORMÁTICA.


2- LEI DA PROCURA INDIRETA:

* O modo mais rápido de encontrar uma coisa é procurar outra.
* Você sempre encontra aquilo que não está procurando.


3- LEI DA TELEFONIA:

* Quando te ligam: se você tem caneta, não tem papel. Se tiver papel, não tem caneta. Se tiver ambos, ninguém liga.
* Quando você liga para números errados de telefone, eles nunca estão ocupados.
* Parágrafo único: Todo corpo mergulhado numa banheira ou debaixo do chuveiro faz tocar o telefone.


4- LEI DAS UNIDADES DE MEDIDA:

* Se estiver escrito 'Tamanho Único', é porque não serve em ninguém, muito menos em você...

5- LEI DA GRAVIDADE:

* Se você consegue manter a cabeça enquanto à sua volta todos estão perdendo, provavelmente você não está entendendo a gravidade da situação..


6- LEI DOS CURSOS, PROVAS E AFINS:

* 80% da prova final será baseada na única aula a que você não compareceu e os outros 20% será baseada no único livro que você não leu.


7- LEI DA QUEDA LIVRE:

* Qualquer esforço para agarrar um objeto em queda provoca mais destruição do que se o deixássemos cair naturalmente.
* A probabilidade de o pão cair com o lado da manteiga virado para baixo é proporcional ao valor do carpete.

8- LEI DAS FILAS E DOS ENGARRAFAMENTOS:

* A fila do lado sempre anda mais rápido.
* Parágrafo único: Não adianta mudar de fila. A outra é sempre mais rápida.

9- LEI DA RELATIVIDADE DOCUMENTADA:

* Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto à explicação do manual.


10- LEI DO ESPARADRAPO:

* Existem dois tipos de esparadrapo: o que não gruda e o que não sai.

11- LEI DA VIDA:

* Uma pessoa saudável é aquela que não foi suficientemente examinada. 
* Tudo que é bom na vida é ilegal, imoral, engorda ou engravida.


12- LEI DA ATRAÇÃO DE PARTÍCULAS:

*Toda partícula que voa sempre encontra um olho aberto"


sexta-feira, 6 de setembro de 2013

I'll be back!

Depois de um longo período de afastamento do trabalho por motivo de saúde (ou seria mais correto dizer de doença, pois se estivesse com saúde estaria trabalhando); finalmente recebi autorização de meu médico para retornar ao trabalho. Segunda-feira, dia 09.09.13, quando meu despertador soar 5h30, pularei da minha cama quentinha para encarar o batente.

Minha esposa estranhou minha empolgação:

- Você está alegre porque vai voltar ao trabalho?! Você é do contra, mesmo!

Pois é, professor é assim: não consegue ficar muito tempo longe da sala de aula e dos seu pupilos. Que saudades daqueles pestinhas! Será que ainda se lembrarão de mim?




Então tá! É segunda, heim?! Nos veremos novamente na segunda!

Prof. Zanon

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Biotipo ou biótipo?


Biotipo [De bio- + tipo] é vocábulo que designa o aspecto do indivíduo segundo sua compleição física e suas características genéticas. 

A pronúncia "biotipo" ganha de lavada na boca dos brasileiros, mas os dicionários registram "biotipo" como "forma não preferível de biótipo". Ou seja, os gramáticos gostariam muito que todos os brasileiros falassem "biótipo" no lugar de "biotipo".

O argumento tem lógica. Em tese, os vocábulos terminados em "-ótipo" são proparoxítonos: estereótipo, protótipo etc. Já que pronunciamos estereótipo e protótipo deveríamos pronunciar biótipo. 

Na prática, porém, os brasileiros preferem a forma biotipo, com o acento tônico na sílaba "ti". Há outras palavras que também fogem do que a prosódia prega. Exemplo: monótipo/monotipo.

Biotipo, portanto, é uma variante prosódica de biótipo.

Por falar em biotipos (ou biótipos), eu me enquadro na classificação "endomorfo", que é o da direita na figura abaixo:



Hê, hê, hê!

Ita est!
Prof. Zanon

Matérias mais antigas:

Minha foto
Sou um professor apaixonado pela educação, pela literatura, pela língua portuguesa e pela arte de escrever. Como tantos educadores, um idealista. Fascina-me a incomensurável capacidade de transformação do ser humano. Por que me ufano da minha profissão? Porque sei que quando leciono, não estou apenas passando conteúdos, mas também destruindo mitos, dogmas e raciocínios falaciosos que cerceiam a liberdade humana.